Thursday, August 09, 2007

5º Desafio!

Fui desafiada pela amiga - Professora - Saber ser Adulto - http://saberseradulto.blogspot.com, a participar num desafio que consiste no seguinte: Ditam as regras que cada pessoa escreve 7 factos casuais sobre a sua vida. Depois passa o desafio a outras 7 pessoas, deixando um comentário no blog para que essa pessoa saiba que foi desafiada. Então aqui ficam as minhas humildes respostas.

1. O dia do nascimento do meu irmão. Sempre sonhei em ter um irmão rapaz, porque já tinha duas pestinhas meninas!
2. O dia que comecei a ter a minha liberdade, parecia que estava no filme dos meus sonhos. Sai como todas as pessoas da minha idade e quando entrei na discoteca parecia que tudo era só meu!
3. O momento em que abracei o Nuno Gomes, sempre foi o meu ídolo numero 1, nunca pensei que pudesse acontecer! Foi tão lindo.
4. O dia que me juntei com o meu amor, foi o dia mais feliz da minha vida até hoje!
5.
A pior coisa que me podem oferecer é a ver o rosto de tanto sofrimento da mãe do André, uma melhores pessoas do mundo que faleceu da maneira mais estúpida!

6. Gosto tanto de ouvir da boca de amigas quando dizem "a nossa amizade é para sempre!" 7. Sinto-me bem quando estou aconchegada nos braços do meu amor e principalmente quando venho visitar os meus novos comentários e vejo que as pessoas continuam a visitar o que escrevo. Faz-me sentir especial! Obrigado!

Á Marta do:
http://amartaeeu.blogspot.com/
Á Thunder do: http://sentircomaspalavras.blogspot.com/
Á Isabel do: http://isabel-coisassimples.blogspot.com/
Á Sónia do: http://ninocasdocoracao.blogspot.com/
Ao Álvaro Gonçalves do: http://horizonte-o-limite.blogspot.com/
Á Martuxa do: http://continuaasorrir.blogspot.com/
Á Miudaaa do: http://miudaaa.blogspot.com/

3 comments:

João Cordeiro said...

Sem saber e vindo nas asas de um sonho, aqui pousei… e gostei da beleza que encontrei.



Beijo sonhador

Alvaro Gonçalves said...

Oi meu anjo,

Obrigado pelas belas palavras que sempre me deixas, pela amizade que nos unde, pelo imenso carinho que me dedicas, mas acho que vou desiludir muita gente, e hoje serás a segunda pessoa a saber do que vou fazer, pois não estou tão bem assim, fisicamente, estou um pouco melhor, mas fui-me abaixo e muito psicologicamente, e à uns dias apareceu algo novo, não que eu não esperasse, mas ao mesmo tempo acho que não esperava mesmo, contradit´rio?, sim, mas nunca achei que merecesse o que me está a acontecer, atlvez porque duvidava e ainda duvide que possa ter algo de bom, em especial agora, e isso tudo junto, foi-se tornando num turbilhão de emoções, que não estou conseguindo administrar, e vou fazer algo que muito me custa, mas que tenho de fazer, algo que talvez muita gente não vá entender, pois há muito tempo que não o faço, acho até que só o fiz uma vez na vida, colocar-me a mim em primeiro lugar para resolver minha vida, mas tenho recebido tantas palavras de amigos e familiares me dizendo que o devo fazer, e agora com este factor novo em minha vida, se não o fizer, pode ser que o que possa vir a ser uma coisa boa se torne num pesadelo e isso é tudo que não posso ter mais, acho que não iria aguentar, pois minhas forças estão no limite dos limites, efoi por isso que resolvi, por uns dias fazer uma pausa, pausa essa que irei dizer em meu humilde cantinho, para ver se consigo fazer de novo minha jornada de regresso a "casa", a mim, entendes?, meu anjo.
Quanto ao desafio, deixo aqui as respostas.
1ª a trsiteza de ter de deixar para trás minha terra, por causa da guerra, onde perdi tudo e onde estava minha identidade.
2ª o ter a melhor amiga do mundo em minha MÃE, ser maravilhoso que Deus me deu.
3ª o sonho de ter uma irmã se realizou, a alegria de ter um ser tão lindo e tão belo como ela, e que eu havia tanto pedido a Deus.
4º a trsiteza de ter de abandonar tudo de novo, casa escola e sei lá mais o quê, pois meu pais tinham de fazer uma comissão de serviço em outro local senão perderiam o emprego.
5º a tristeza de descobrir que não conseguiam os médicos me ajudar quando soube que tinha epilépsia.
5º a alegria quando no estrangeiro, mais precisamente em Africa do Sul, os médicos me ajudaram a controlar esse mal com o qual hoje me sinto uma pessoa normalissima.
6º quando meu pai se afastou de toda a familia, e não mais quiz saber de nós.
7º a descoberta de que sou capaz de ajudar alguém que de mim precise, mesmo estando eu sem forças, ganho-as ajudando alguém, seja quem for.
E teria mais, muito mais, como a grande alegria que são meus belos sobrinhos que tanto amo.
E sei lá tanto, tanto.
Beijos meu anjo, e lê o artigo que entre hoje e amanhã publicarei.

P.S. espero que não te esqueças de mim, levo-te no coração e espero regressar logo, por isso até já.

Naeno said...

Uma pequena, uma menina de olhos grandes, qeu ver a vida no seu tamanho maior, por ter muito o que enxergar.

pra ti pequenina

POETAGEM

O poeta se mostra com papel e lápis
Por eles vive como em seu próprio alojado
E não fica morando.
Elabora o feitio do personagem,
Colore-o das cores que lhe aprouver
Geralmente cores que lhe arremetem a escândalos
Dá-lhe um sentimento, uma postura barroca,
Cinzela-a, pincela-a,
(designer de Deus criando para si próprio)

O poeta estraga o permanente vivo
- é o seu protótipo quem modela.
Move-se com cordas de cristais
De convicção humana queimada
Sempre e sempre na validade.
O breu de brumas toma forma
E deixa a gente disforme.
Olhado da janela panorâmica
Onde a mente se debruça
Para intrometer-se fora e dentro
Para o contrário
Para a urdi-métrica do delírio
Decifra-se em tons e acordes de poesias.
Benfeitor, transfigurador, ativo
Do apogeu da vida.
Ele é o próprio camarim em seus áureos dias
Em que lhe visitam filas militares.
Conviva e influente dos imortais
Ouvindo sem prestar nunca atenção, e propondo silêncio
Para se meter na chuva com a arrimo de Cervantes
Ordenado o seu exército em guerra contra a loucura,
Dos amores, das visões e dos moinhos.

Louco andarilho da América Teresina,
Taquígrafo de códigos inconcebíveis,
Concretiza na palavra a sua possessão.

Um beijo na pele do teu coração
Naeno